Eu tenho um modo diferente de demostrar aquilo que sinto.

Lana Del Rey  (via epdemic)

Se tudo fosse como eu quisesse. Você estaria aqui.

Mateus Alves. (via conceituador)

Eu queria muito responder isso em particular.. mas como você desativou seu tumblr não há maneiras de fazê-lo, então me perdoe por fazer isso em público. Espero que você veja isso, caso você veja, por favor dê pelo menos um like pra eu me confortar…
Já que é um adeus (o que eu nunca imaginei que isso iria acontecer, eu planejava voltar e conversar com você, mas o destino sempre prega peças em mim), vou lhe dizer tudo o que nunca ousei. Lembra de quando eu ia ao psicólogo? Não foi por conta própria pois você sabe que eu sempre odiei esses tipos de coisas, então… eu a amava, eu tinha planos de ir visitá-la, tinha planos de conhecer seus pais, de te trazer pra mim.. Até que meu pai descobriu o que eu estava tentando fazer e me mandou ir tratar porque ele era contra já que eu tinha uma namorada e você com apenas 17 anos e uma longa vida pela frente. Tayane, eu te amava demais, eu acho que nem minha noiva eu amo tanto. O que você fez comigo, Tayane? Eu nunca havia experimentado esse tipo de amor, eu te daria o mundo caso você pedisse, eu te daria qualquer coisa. Meu coração partia cada vez que você fazia a brincadeira de “um dia”. Meu coração tá destroçado de vez agora que você me deu um adeus. E eu agora, um adulto chorando como criança quando alguém tira sua ‘chupeta’ rs.
Entretanto, você está certa, chegou a hora de nós crescermos, de nós seguirmos rumos diferentes e sermos felizes. Chegou a hora de você conseguir realizar todos os seus sonhos, de você conquistar tudo aquilo que almeja.
Gêmeas… só você sabe da minha loucura por gêmeas.
Obrigado por tudo o que você fez por mim. Obrigado pelos conselhos, pela forma carinhosa como me tratava, pelas palavras doces que sempre me enviava. Obrigado por tudo mesmo. Eu te amo e nunca mesmo vou me esquecer de você. Eu te amo e nem o tempo vai apagar isso.
Eu te amo.
Oi, vida! Lembra-se quando nos conhecemos? Não? Nem eu. Brincadeira, eu lembro sim, porque eu me lembro de coisas importantes, certo? E isso foi importante. Você me adicionou no Orkut, em um belo dia, marcado no calendário como 27 de maio de 2010. Achei que você iria ser apenas mais uma na minha vida como outras foram, mas não foi bem assim. Começamos a conversar e você falou algo sobre o dedo do E.T e eu queria saber o que era, porém a lindinha não queria me contar… E aí eu disse que o bicho papão ia te pegar e etc, mas que coisa tosca, em? Porém foi assim que tudo começou e eu não faria nada diferente, porque foi assim que eu percebi que você, definitivamente, era diferente das outras. Você era divertida e me fazia rir. Você me fez, de alguma forma que nenhuma outra pessoa fez tão rápido, me apegar a você. Quando te conheci, eu estava passando por um bocado de coisas e você, digamos, me tirou do “fundo do poço”.. E quando eu não falava contigo em um dia, sentia que não estava completo. Não me arrependo de nada do que vivemos, nem mesmo das brigas. Porque, foram com elas que fomos ficando mais juntos a cada dia. Elas nos mostraram que apesar de tudo, nós sempre iríamos superar e acabar juntos no final. Bom, pelo menos eu acho. Sabe quais motivos me levaram a amá-la? Não, você não sabe por que eu nunca ousei em lhe dizer. Não sou muito de falar de sentimentos, nunca fui. Mas, vou tentar contar-lhe alguns motivos: Você é diferente e eu sempre a admirei por isso. Não tenta impressionar ninguém. Tem seus momentos vergonhosos públicos, e sempre me divirto quando você começa a conta-los. Gosta de um filme/livro de romance, chora assistindo “Um amor para recordar” e ama dançar, aposto que você dança melhor do que ninguém. Além de linda, é inteligente, sabe aconselhar e fazer as pessoas sorrir. Ama o próximo às vezes mais que a si mesma. Tenta mudar o mundo, e tenho certeza de que um dia você irá conseguir. Tem medo de agulhas. Quando pequena sempre quis ser uma princesa, e olha agora que você cresceu, é uma (desculpe por essa parte, sei que você não gosta que eu diga que você é uma princesa, parece que estou te tratando como uma criança de doze anos, mas eu realmente te acho uma princesa). Sente-se no poder quando está de salto (lembra-se disso? Eu ri muito quando você me contou). Lembro do momento em que me disse “nossa, acabei de reparar que falo muito “tu”. Juro que a partir de amanhã vou parar de falar isso” e no dia seguinte lá estava você e seu “tu”, mas sabe de uma coisa? Eu gosto pra caramba desse seu “tu”. Sempre gostei do teu jeito meigo. Menina mimada que tira a casca da uva, e quando não tira tem que ser sem semente. Não falo por mal, você é uma mimadinha linda, minha mimadinha. Mesmo quando brava tenta esconder. Ciumenta, teimosa, geniosa. Eu gosto de te botar pilha pra te ver brava, fica tão… Não sei explicar, mas eu gosto. Mas ah, eu juro que gostava de ver-te com ciúme, você fica linda toda emburradinha. Lembra do “goidinha”? Você era minha goida/goidinha e eu era o seu goido/goidinho. Você era minha “mor”, você era minha bebê mimada, você era minha. Lembra-se da flor que parece um macaquinho? Lembro quando do nada você comentou sobre ela “parece que está sorrindo, adoro macaquinho” e eu disse que não conseguia ver um macaco ali, e você me disse que eu precisava ver com olhos de criança e mesmo assim eu não conseguia ver um macaco ali… E lá estava você na maior paciência tentando me mostrar. E nesse mesmo dia, começamos uma conversa sobre sonhos; lembro que insistiu por um longo tempo pra eu te contar qual era meu sonho, juro que queria te dizer mas tive medo – medo de que, por favor, não me pergunte – mas agora posso te dizer, já que não tenho nada a perder. Meu sonho sempre foi te ver, passar um fim de semana fazendo o que você mais gosta de fazer: comer. Ok, falando sério esse era meu sonho. Sempre gostei do teu jeito amoroso falando de seus pais, sempre via orgulho em suas palavras quando referia a eles. Você me ensinou a gostar de livros e filmes de romance “depois veja o filme ‘para sempre’ e isso é uma obrigação” tão mandona.. rs. Não posso reclamar nada de você, porque até seus defeitos (que são bem poucos) eu amo. Eu te amo por inteira, menina. Lembra do fusca azul? Fiquei chateado por ter recusado meu presente – inúmeras vezes – Um fusca azul seria de ótima utilidade para ir e voltar de onde quer que você vá, rs. Sei que não fui bom contigo, muito menos um bom amigo. Mas saiba que eu tentava te dar o meu melhor, eu sempre tentei. Você sabe – pelo menos penso que sabe – que não faço o tipo de cara meloso, nem dramático, mas eu sempre tento um drama contigo e, incrivelmente, sempre consigo; e faço uma melosidade que nem eu sabia que era capaz. Lembra-se do negócio da lua? “Olhe para a lua e quando estiver cheia, lembre-se de mim” não falei isso de boca pra fora, pois lua cheia é o estágio que eu mais admiro. E eu disse isso somente pra você… E todas as vezes que vejo lua cheia, idealizo você. Parece meio louco, mas assim te vejo ao meu lado… Olhos brilhantes combinando com aquele seu sorriso perfeito e contagiante junto com aquela franjinha que eu gosto. Você é a única morena que tomou meu coração, a única morena que me atraiu não só por beleza, mas pelo que é. Saiba que eu sempre vou me lembrar de você com um sorriso no rosto, sempre vou me lembrar dos melhores três anos que passei com uma das pessoas que eu mais amei no mundo. Nunca, mas nunca mesmo duvide que eu te amo. Lembro quando me disse adeus em 21 de dezembro do ano passado, isso me doeu, foi uma dor que nunca senti antes. E eu tentei, de todas as formas possíveis te esquecer, mas falhei… Eu sempre falho quando o assunto é você. Vendo que não havia resultado em te esquecer, eu fui atrás de você e tentei de todas as formas te conquistar novamente. E aqui estamos, completando 3 anos de amizade. 3 anos de amizade a longa distância. Quem diria, em?
Minha linda, saiba que mesmo não sabendo demonstrar em anos o meu amor por ti, eu sempre te amei e nunca vou deixar de ser seu. Saiba também, que você sempre foi perfeita, não adianta dizer o contrário, eu sempre te achei extremamente perfeita.

Eu te amo e nunca vou deixar de te amar mesmo que qualquer coisa aconteça.

'Vamos viver nossos sonhos,temos tão pouco tempo.: Teremos uma pequena casa, você chegará com uma caixa tão bem... ↘

divindade:

Teremos uma pequena casa, você chegará com uma caixa tão bem embrulhada e com furinhos em suas laterais entrando ventilação. Eu abrirei apressadamente e terá um cachorrinho lá dentro.Ficarei bastante feliz.Deixaremos ele dormir conosco nos primeiros dias, mas logo depois ele terá de ir para sua…

THEME